Portal Apucarana, Notícias, cidade, artes...


"...Era um bom corpo o daquela moça. Continha ossos do mais fino marfim, ocultos e bem fornidos de carnes. O cérebro era como rosa-chá pendurada na escuridão, e havia vinho de sidra na boca. Os lábios mantinham-se firmes sobre os dentes muito brancos, as sobrancelhas arqueavam harmoniosamente diante do mundo, e o cabelo caía suavemente sobre o pescoço lácteo. Os poros formavam uma malha pequena e cerrada. O nariz empinou-se para a lua, e as faces brilharam como minúsculas fogueiras. O corpo deslocava-se numa sutil oscilação de um movimento para outro; parecia sempre estar cantando para si próprio. Estar nesse corpo, nessa cabeça, era como se aquecer à lareira, viver no ronronar de um gato adormecido, mover-se nas águas tépidas de um regato que avança à noite para o
mar.
"Vou gostar daqui", refletiu Cecy..." xxxxxxxxx (fragmento de: bradbury, ray - a bruxa de abril)

first of all : fiat lux ...

Cada vez que respiramos, afastamos a morte que nos ameaça. (...) No final, ela vence, pois desde o nascimento esse é o nosso destino e ela brinca um pouco com sua presa antes de comê-la. Mas continuamos vivendo com grande interesse e inquietação pelo maior tempo possível, da mesma forma que sopramos uma bolha de sabão até ficar bem grande, embora tenhamos absoluta certeza de que vai estourar. xxxxxxxxx ( fragmento de: yalom, irvin d. - a cura de schopenhauer )

...... actually | a vida é geralmente livre, até certo ponto...

_______ ______ ____ ___ _
... for the people who| care about Brazil...

_ _ __ _ _ _____ __
válido até 07|10|2008


 
 
| rakanov.com one step | back